Clínica Própria. Será que compensa ter uma? Parte III

by Miguel Gomes on 23 23Etc/GMT-1 Março 23Etc/GMT-1 2009

Nota: Este é a continuação do Guest Post do Alessandro Zamboti do Zhen Jiu

Honorários

Clinica própria. Será que compensa? Parte III Como fixar um honorário para o meu atendimento? A primeira coisa é verificar junto aos outros profissionais o valor que está sendo praticado por eles. Não adianta você colocar um valor muito alto e não aparecer ninguém por causa do preço. Também não compensa cobrar muito abaixo dos valores dos outros profissionais, pois além de você não conseguir se manter, normalmente os clientes desconfiam que se você cobra muito abaixo, seu trabalho também tem uma baixa qualidade.

Uma boa maneira de você calcular os seus honorários é fazer o seguinte procedimento:

  • Faça uma estimativa de todas as suas despesas do mês: transporte de sua residência até sua clínica, alimentação, água, luz, telefone, despesas com funcionários (salários e encargos), compra de material para atendimento, etc.
  • Faça uma soma de todos os impostos e encargos que você terá que pagar durante o ano.
  • Pegue o valor da estimativa de despesas do mês e divida pelo número de dias úteis de um mês. Salvo algumas exceções, normalmente o mês tem entre 20 e 22 dias úteis (se você não trabalhar aos sábados e se não houver um feriado em dia útil).
  • Depois, pegue o valor resultante deste cálculo e divida pela quantidade de atendimentos que você pretende fazer durante o dia.
  • Pegue o valor da estimativa de impostos e encargos do ano e divida por 12 (quantidade de meses do ano). De posse deste valor, faça os mesmos cálculos que fez para as despesas do mês.
  • De posse destes valores, some o valor das despesas por hora e o valor dos impostos por hora. Com o resultado final, acrescente a porcentagem de que você quer de lucro, normalmente entre 5 e 10%.

Exemplo:

Se minhas despesas do mês somam R$ 1000,00, o valor da despesa por hora será de R$ 4,55, considerando que eu trabalhe 22 dias úteis e atenda 10 paciente por dia.

Se minhas despesas com encargos e impostos durante o ano for de R$ 2000,00, o valor dos impostos por hora será R$ 0,76.

Somadas as duas despesas teremos R$ 5,31. Acrescento a isso 10%, que é a minha taxa de lucro mínimo e teremos R$ 5,85, que é o valor mínimo que eu posso cobrar em um atendimento.

Estes cálculos são todos hipotéticos, pois teremos dias em que atenderemos os 10 clientes que utilizei para os cálculos, mas teremos dias em que não atenderemos nenhum cliente, bem como teremos meses que não teremos os 22 dias úteis utilizados para o cálculo.

Considerações finais

Após considerarmos todos os fatores apresentados podemos responder à pergunta inicial do texto: Clínica própria. Será que compensa ter uma?

Pesando-se todos os prós e contras, acredito que compensa o investimento, e se você fizer um bom trabalho e não tiver ambições muito altas quanto ao retorno financeiro inicial (normalmente teremos uma média de seis meses a um ano onde a clínica terá um retorno financeiro muito pequeno, às vezes até negativo), for uma pessoa dedicada e persistente, está esperando o quê para abrir a sua?

Leia o artigo completo:

Leave a Comment

Previous post:

Next post: