Clínica Própria. Será que compensa ter uma? Parte II

by Miguel Gomes on 18 18Etc/GMT-1 Março 18Etc/GMT-1 2009

Nota: Este é a continuação do Guest Post do Alessandro Zamboti do Zhen Jiu

Expansão da clínica

Clinica própria. Será que compensa?No início da clínica, geralmente o terapeuta desempenha vários tipos de papéis. Você é o terapeuta, o recepcionista, o administrador o zelador e o faxineiro. Não tem somente de ser um bom terapeuta, mas também tem que manter sua sala limpa e organizada, atender ao telefone, fazer encaixes de agenda, etc.

Com o crescimento de sua clínica, é bom se preparar para expandir o empreendimento. Normalmente, o primeiro passo é contratar-se uma recepcionista. Isso o liberará de agendar, cobrar e recepcionar os pacientes, atender telefonemas, fazer publicidade, pedir suprimentos, etc. dando mais tempo para você aumentar seus conhecimentos, suas habilidades e crescer. Mas cuidado, normalmente os negócios costumam falhar com expansões muito rápidas. Salários e benefícios são despesas significativas, então esteja certo de que sua clínica poderá absorver essas despesas extras.

Expansão pode ser também compartilhar a clínica com outros profissionais. Esse pode ser um excelente complemento de seus serviços e muito conveniente para os clientes, quando precisarem de alguma outra forma de tratamento. Ao mesmo tempo, pode ajudar a manter os custos da clínica em valores baixos, especialmente se vários profissionais compartilharem a recepcionista e o contador.

Marketing

Se você decidir publicar um anúncio para comunicar a abertura de sua clínica nova, tenha em mente a circulação da publicação. É muito improvável que as pessoas que vivem em outros municípios ou em locais muito distantes venham se tratar em sua clínica, a menos que você seja o único terapeuta num raio de muitos kilometros.

O primeiro passo para desenvolver uma campanha de marketing para sua clínica é desenvolver o seu paciente ideal. O paciente ideal é aquele paciente que você gostaria mais de atender: por exemplo, você gostaria de focar mais o seu trabalho em pessoas idosas, provavelmente este paciente terá histórico de problemas cardíacos e outras deficiências, tanto físicas quanto energéticas. Imagine todas as patologias e problemas que este paciente possa apresentar e a partir daí, desenvolva a sua campanha de marketing, citando as patologias e problemas que você trata, nunca se esquecendo de focar a campanha nos benefícios que o cliente irá ter ao se tratar com você. A isso damos o nome de marketing focalizado. Uma outra maneira de se fazer marketing de sua clínica é a confecção e uso dos cartões de visita. No cartão inclua seu nome, o nome de sua clínica, suas qualificações, o endereço de sua clínica e as terapias com qual trabalha. Com os valores praticados pelas gráficas atualmente, não compensa montar um cartão de visitas em casa, pois além de não passar um aspecto profissional, normalmente as gráficas têm profissionais que o ajudarão a desenvolver um cartão de visitas com um visual bonito e marcante para o seu cliente. Uma outra forma é fazer e distribuir panfletos com a divulgação de sua clínica. Para fazer um panfleto eficaz, este deve conter basicamente os seguintes elementos:

– Quem é você. Qual a sua formação, seus cursos complementares, etc. Ou seja, todas as informações que relacionem você com a terapia com a qual trabalha. Isso demonstra ao possível cliente que você é uma pessoa que se mantém informada sobre o que pratica.

– Uma breve introdução sobre a terapia que pratica, enfatizando os benefícios que ela proporciona.

– Uma lista parcial das principais patologias que você trata com a terapia que trabalha.

– Perguntas e respostas mais freqüentes sobre a terapia com que trabalha.

Uma boa dica para se trabalhar com panfletos é distribuí-los a cada paciente que tratar. Se você faz um bom trabalho, provavelmente eles o passarão para outras pessoas, o que acabará atraindo mais clientes.

Atualmente, uma boa opção para divulgação de sua clínica é a criação de um site ou blog na internet. Para isso, existem diversos provedores que o fazem de maneira gratuita. Sempre publique coisas interessantes sobre a terapia com que trabalha e aproveite para divulgar sua tabela de preços e endereço de atendimento. Aproveite para deixar um espaço para testemunhos de seus clientes. Isto sempre ajuda a atrair mais clientes. No caso de possuir um site ou blog, não deixe de incluir o endereço do mesmo em seus panfletos e em seus cartões de visita.

Leia o artigo completo:

Leave a Comment

Previous post:

Next post: