Cuidados gerais de higiene e segurança alimentar

by Miguel Gomes on 11 11Etc/GMT-1 Novembro 11Etc/GMT-1 2009

Cuidados gerais de higiene e segurança alimentar Ainda não tinha falado de alguns cuidados de higiene e segurança alimentar que temos de ter diariamente. Alguns parecem óbvios e demasiado simplistas, mas quantos é que nos esquecemos no momento em que estamos na cozinha a confeccionar?

Higiene pessoal e dos utensílios de cozinha

A maioria das doenças de origem alimentar deve-se a comportamentos de higiene deficientes. As boas práticas devem fundamentar-se num bom armazenamento (despensa/refrigeração/congelação) e em procedimentos adequados de higiene e segurança por todos aqueles que manipulam os produtos alimentares.

As mãos, os utensílios, as tábuas de corte e as superfícies da cozinha devem ser lavados frequentemente, seguindo os procedimentos abaixo mencionados:

Mãos. Lave com água quente e sabão, durante 20 segundos, principalmente:

  • antes e depois de manusear alimentos;
  • após utilização de instalações sanitárias,
  • após tocar em animais, dinheiro, produtos tóxicos e manusear lixos;
  • antes e depois de comer ou fumar.

Tábuas de corte, utensílios e superfícies da cozinha. Lave com água quente e sabão:

  • antes e depois de preparar cada tipo de alimento.

Toalhas/toalhetes. Prefira os de papel. Caso utilize toalhas de pano lave-as frequentemente.
Higiene na manipulação dos alimentos
Durante todas as fases de manipulação de alimentos (preparação, confecção e empratamento) deve-se garantir a sua salubridade. Aconselhamo-lo a seguir as seguintes recomendações:

  • Os alimentos crus devem estar sempre separados dos alimentos já cozinhados ou prontos a consumir, de modo e evitar a passagem de microorganismos de um alimento para outro (que se denomina contaminação cruzada),
  • Os alimentos submetidos a confecção ou reaquecimento devem atingir uma temperatura, no seu interior, de 70ºC ou superior.
  • Os alimentos já preparados ou cozinhados, que não vão ser consumidos de imediato, devem ser conservados a uma temperatura inferior a 5ºC ou superior a 65ºC.
  • Os alimentos devem ser protegidos do ar, insectos, roedores e outros animais, para não serem contaminados.

Seguindo estas pequenas regras, conseguimos evitar algumas doenças de origem alimentar. E não custa nada!

Leave a Comment

Previous post:

Next post: