Chá de camomila pode ajudar nos casos de diabetes

by Miguel Gomes on 16 16Etc/GMT-1 Setembro 16Etc/GMT-1 2008

Flor de CamomilaEsta notícia constitui uma novidade para mim.

Já sabia que a camomila pode ser usada como calmante, sedativa, para ajudar na má digestão e também em cólicas. Mas, segundo uma notícia do Público sobre um estudo efectuado na Universidade de Toyama, a camomila pode ter também um efeito benéfico para quem sofre de Diabetes do tipo II.

O extracto de camomila terá reduzido os níveis de açúcar e reduziu assim as complicações inerentes à diabeste como a perda de visão ou os danos causados nos rinss.

É mais uma boa razão para beber chá de camomila, que para além de ser extremamente saboroso e calmante pode ser uma ajuda preciosa a diabéticos.

Fica aqui a notícia.

Investigadores japoneses e britâncos alimentaram ratos diabéticos com extracto de camomila. Os resultados foram animadores mas ainda não se sabe quais os efeitos de uma dose diária de chá nos humanos que sofrem de diabetes do tipo 2.

O chá de camomila não trata a doença mas poderá ajudar a prevenir as complicações que por vezes surgem na sequência de diabetes do tipo 2 como, por exemplo, a perda de visão ou os danos causados nos rins. A conclusão, que deve ser lida com cautela, foi obtida na sequência de um estudo com ratos alimentados a extracto de camomila. Numa notícia publicada na BBC online, a equipa de cientistas relata que
a dose de chá terá reduzido os níveis de açúcar e bloqueado a actividade da enzima associada às complicações das diabetes. Porém, é cedo para extrapolar os resultados da pesquisa para os humanos.

Os investigadores da Universidade de Toyama alimentaram os ratos doentes durante 21 dias e compararam os resultados com um grupo de controlo de animais diabéticos com uma dieta normal. Os registos mostram que os níveis de glicose no sangue eram significativamente mais baixos nos ratos alimentados com o extracto que aparentemente inibiu a produção de açúcar no fígado. A associação britânica da diabetes reagiu com algum
cepticismo. “É preciso mais investigação antes de avançar para conclusões sobre o papel do chá de camomila no combate às diabetes e suas complicações”, referiu Victoria King à BBC online adiantando que a associação não vai, para já, recomendar aos doentes que aumentem o consumo de camomila. Em vez disso, Victoria King insiste em recomendar aos diabéticos uma dieta saudável, actividade física regular e cumprir a terapêutica prescrita pelo médico.